• Joaquim Marinho

Porque comprar Deck de madeira ?

Construção de decks sem erros: veja dicas de profissionais

Aparentemente simples, a construção de decks de madeira sobre solo natural ou contrapiso envolve cuidados técnicos desde a fundação até a manutenção do sistema. Confira a seguirvêm se tornando cada vez mais comuns. Enquanto no passado eram usados quase que com exclusividade em piscinas, hoje eles ocupam outros espaços, como área de churrasqueiras, varandas, box de banheiro, passarelas de acesso e jardins.

Apesar disso, são comuns os erros de execução envolvendo desde as fundações e os elementos de fixação até o acesso e a interface com as instalações elétricas e hidráulicas. A escolha incorreta da madeira ou do tratamento para esse tipo de uso pode, ainda, reduzir a vida útil do deck.

madeiraFUNDAÇÕES

Segundo a engenheira Samanta Gererozo, diretora técnica da Costanobre Engenharia, os decks podem ser instalados diretamente sobre a terra, desde que realizado estudo do solo para conhecimento da permeabilidade. “O local deve ser coberto com manta bidim, ou, o que é mais comum, ser cimentado. Em ambos os casos, o terreno precisa ser nivelado de modo que o deck permaneça no mesmo nível, sem degrau, evitando o acúmulo de água”, ensina.

O uso de manta geotêxtil é opcionalMurilo Deneno

O arquiteto Murilo Deneno, titular da Toro Design em Madeira, orienta a remoção da vegetação, se houver, espalhando uma camada de regularização de 5 cm de pedrisco preto, que esquenta mais e mata as sementes de pragas. “O uso de manta geotêxtil é opcional”, diz. Se o deck for instalado sobre terreno natural, devem ser feitas fundações do tipo sapatas, onde será apoiada a estrutura. “Ou executar escavações para concretar as bases dos pilares que suportarão a estrutura do deck”, recomenda Deneno. A fundação varia de acordo com a altura do deck, entre 0,50 m e 1,50 m de profundidade. “Quando os barrotes de apoio estiverem em contato direto com a água, a melhor proteção é feita com a aplicação de tinta impermeabilizante. E, como boa prática, utilizar um espaçador sob o barrote, para que não fique em contato com o contrapiso ou com o solo”, diz a engenheira. Ela indica, também, a instalação de apoios de borracha (neoprene), para facilitar o escoamento da água e diminuir o impacto entre a madeira e o contrapiso. A base consiste em um tramado de estruturas resistentes que serão sobrepostas, para distribuir o peso de maneira uniforme e segura


5 visualizações